Perdida (longa-metragem)

Ficção, longa-metragem, 1973 (produção), 1974 (lançamento)

Sinopse Agredida pelos patrões, Estela, empregada doméstica em Rio Verde, norte de Minas, foge com a trouxa na cabeça. Um bêbado investe contra ela no bar de um posto de gasolina, mas um chofer de caminhão a salva e a leva para casa. Num gesto carinhoso, que a princípio Estela estranha, mas acaba achando justo, ele lhe arranja colocação na zona de baixo meretrício local. Zeca, o poeta da zona boêmia e colaborador do jornal da cidadezinha, apaixona-se por Estela, mas não é correspondido, pois o amor de Estela é o chofer que a deixou lá.

Ficha técnica Diretor: Carlos Alberto Prates Correa Produtor executivo: Zelito Viana, Carlos Alberto Prates Correa Roteirista: Carlos Alberto Prates Correa Diretor de fotografia: José Antônio Ventura Som direto: Onélio Motta Editor: Carlos Brajsblat

Elenco: Maria Silvia, Álvaro Freire, Helber Rangel, Sílvia Cadaval, Maria Alves, Thais Portinho, Thelma Reston, Maria Ribeiro, Wilson Gray, Jorge Botelho, Fernando José, Lupe Gigliotti, Ana Aben Athar, Angela de Castro, José Lavigne, Carlos Wilson, Fábio Camargo, Paschoal Vilaboin, Luiz Filho Rosemberg, Mário Murakami, Dhe Jesus, Charles Stone, Ercília Benitez, Lindacy Coelho, Ana Paula, Danilo Dieguez, Luiz Carlos Rocha, Maucha

Principais prêmios e participação em festivais • Festival de São Paulo – Prêmio Governador do Estado de São Paulo – Melhor Ator • Festival do Rio de Janeiro – Prêmio de Crítica do Rio de Janeiro – Melhor Atriz • Cinema do Governo do Rio – Prêmio Golfinho de Ouro • INC – Instituto Nacional de Cinema– Coruja de Ouro – Melhor Filme

Fechar Menu